Uma das profissões do futuro

Com o aumento da sensação de insegurança gerado pela divulgação maciça dos crimes pela imprensa e pelas redes sociais cria uma necessidade natural de proteção para a família e para os bens e, por este motivo, a população vem investindo sistematicamente em segurança eletrônica.
É fácil notar que o número de câmeras de vigilância vem aumentando dia a dia e esta tendência tem contribuído para a elucidação de diversos crimes.
Nos comércios e indústrias os equipamentos de segurança eletrônica contribuem para a vigilância, controle das atividades dos funcionários, monitoramento de processos e automação. Os investimentos neste setor em pouquíssimo tempo são recuperados através do aumento da produtividade e diminuição do desperdício.
O aumento da quantidade de equipamentos de segurança eletrônica vendidos vem provocando a diminuição dos custos e tornando-os cada vez mais acessíveis. Como exemplo podemos citar o DVR (Gravador Digital de Vídeo- Equipamento que grava as imagens das câmeras) que custava em torno de R$ 5.000,00 e hoje já encontramos a partir de R$ 199,00.
Todo equipamento deste segmento de mercado precisa de mão de obra capacitada para instalar e para fazer a sua manutenção preventiva e corretiva, surgindo assim uma profissão do futuro tendo em vista que a demanda tende a crescer ano a ano.
O candidato a esta profissão tem que ter conhecimento básico em instalações elétricas, eletrônica noções de informática e rede e tem que fazer um treinamento direcionado para os equipamentos de segurança eletrônica. Outra habilidade indispensável é o conhecimento da maneira de agir dos marginais para que tenha condições de orientar o cliente quanto ao equipamento indicado para cada situação.
Um profissional de excelência também tem que se preocupar com o resultado estético do seu serviço, ou seja, tem que conseguir instalar os equipamentos causando o menor impacto possível na aparência do ambiente.
Como toda profissão ligada à área de tecnologia exige do profissional uma preocupação constante com a atualização e aperfeiçoamento, pois os equipamentos evoluem rapidamente.
Para as pessoas que estão procurando uma nova profissão desafiadora e com grande perspectiva de crescimento em médio prazo, fica a dica.
AGNALDO LIMA DE BARROS

Coronel da Reserva da PMMG
Especialista em Segurança Pública
Especialista em Segurança Eletrônica
Consultor de Segurança da Empresa RASTRÔNICA

Facebook Comments

Post a comment