PONDO FIM ÀS 5 PRINCIPAIS DESCULPAS PARA NÃO USAR APARELHOS AUDITIVOS

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), desde o momento em que uma pessoa identifica a perda de audição até o momento em que ela decide fazer uso do aparelho auditivo, leva-se o tempo médio de 7 a 10 anos para essa tomada de decisão.

Infelizmente, esse longo período de espera provoca um declínio cognitivo, na maioria dos casos. Isso porque escutamos com o ouvido, mas na verdade quem ouve é o cérebro. Para o córtex auditivo (localizado no cérebro e responsável pela audição), 7 anos é muito tempo de privação de estímulos sonoros. E, como tudo que não é estimulado, acaba se atrofiando e perdendo a capacidade de decodificação do som.

Por isso é comum vermos pessoas que começam a fazer uso de aparelho auditivo e se queixam de escutar, mas não entender bem as palavras. Nesses casos, ocorreu uma alteração do processamento auditivo e, portanto, será necessária uma reabilitação para restabelecer a integridade das habilidades auditivas.

Caso você não queira passar por isso, listamos aqui 5 desculpas usadas pela maioria da população para adiar a adaptação da prótese auditiva e que são, na verdade, mitos:

1 – Aparelhos auditivos são muito grandes. MITO – Atualmente os aparelhos estão cada vez menores, com alta tecnologia, podendo ser comparados a uma moeda de 10 centavos.

2 – Aparelhos auditivos são caros. MITO – os valores de aparelho auditivos variam bastante. O diferencial é a tecnologia empregada e as funções oferecidas. Cada uma delas se adapta ao tipo e grau de perda auditiva, assim como às características e necessidades individuais de cada usuário.

É importante entender que ao comprar um aparelho auditivo normalmente está incluído um programa de acompanhamento que se estende durante o tempo em que você tiver o aparelho. Os custos desses atendimentos já estão incluídos no valor pago pelo aparelho. Pelo menos é assim que trabalhamos na SONORITÀ. Sim, tudo isso tem um custo. Não, aparelhos auditivos não custam caro, calcule todo o valor agregado à tecnologia e serviço prestado.

3 – Aparelhos auditivos apitam muito. MITO – os aparelhos atuais possuem tecnologia avançada e, são programados e adaptados, para cada caso individualmente. Com essa personalização é quase impossível o cliente reclamar que o aparelho auditivo está apitando.

De qualquer forma, uma boa experiência auditiva passa por visitas regulares ao centro auditivo e está diretamente ligada à regulagem precisa e qualidade do produto. Por isso, pesquise e procure sempre pelas melhores marcas e por centros auditivos de referência. Lembre-se também que a opinião de quem já faz uso do aparelho é muito importante.

4 – Por enquanto continuo escutando bem e não preciso colocar o aparelho agora. MITO – Como dito anteriormente escutamos com o cérebro e não com os ouvidos. O tempo que deixamos nosso cérebro em privação sonora é valioso e nos causará transtornos futuros, principalmente no que diz respeito à compreensão. Portanto, o quanto antes iniciar a adaptação do aparelho auditivo, assim que detectada a perda auditiva, melhores resultados e experiência você terá.

5 – Aparelho auditivo é complicado, meu avô nunca se adaptou, também não vou me adaptar. MITO – Os aparelhos auditivos mais antigos eram analógicos e somente amplificavam os sons. Com o avanço da tecnologia, os aparelhos atuais possuem processamento digital e recursos (algoritmos) que analisam e processam cada som de maneira diferente e personalizada.  Aproximando-se muito da forma como o nosso cérebro escuta e proporcionando uma qualidade sonora excepcional.

Na realidade, a tecnologia é tão grande que você pode ter vários benefícios como conectividade direta do seu aparelho auditivo com o celular através do bluetooth e, com isso, assistir vídeos do youtube, escutar músicas em aplicativos como o spotify e áudios do whatsapp diretamente em seu aparelho auditivo.  Ele se transforma em um fone de ouvido sem fio.

Outros modelos têm aplicativos que permitem ao usuário regular o volume do aparelho e mudar o programa através do celular, trazendo discrição e praticidade.

Ou seja, se você tinha alguma dessas desculpas para adiar a decisão de usar aparelho auditivo viu que elas não têm fundamento. A tecnologia atual é muito avançada e com muitos recursos. O que mais escuto dos meus pacientes é: “Por que não coloquei aparelho antes? Minha vida mudou para muito melhor depois da adaptação.”

 

Tatiana Guedes Santólia Martini
Fonoaudióloga – CRFa: 6-3289
e-mail: [email protected]sonoritaaparelhosauditivos.com.br

Facebook Comments

Post a comment